Notícias sobre Valongo do Vouga

Quarta-feira, 25 de Abril de 2018
25 de Abril

25 abril.JPG

 

A Nossa liberdade termina quando calcamos a liberdade dos outros...

 

Hoje, nas redes sociais de uma forma arbitrária, descontrolada e egocêntrica, há pessoas que se dedicam ao culto da má língua, nos diversos sentidos em que isso se possa aplicar, no sentido literário, no sentido depreciativo.

 

As redes sociais devem, na minha opinião servir para aproximar as pessoas, divulgar o que de bom se faz, e claro que também devem alertar para o que possa estar errado.

 

Se criticar é instrumento fácil, apresentar soluções ou colaborar na viabilidade das mesmas é tarefa árdua e não está ao alcance de todos, só alguns conseguem atingir esse propósito!

 

Sem que se tenha que recorrer a censura, há que no entanto ter bom senso! Há pessoas que deveriam ter algum cuidado com o que dizem porque as palavras mal utilizadas são armas que ferem e envenenam.

 

Há que distinguir informação e opinião!

 

Recentemente vi um pequeno vídeo de uma pessoa que se confessava a um Padre, pedindo perdão por ter difamado outra pessoa. O Padre, sábio na sua decisão disse, vai para casa, sobe ao telhado pega na almofada de penas e rasga-a ... e depois volta amanhã para que possamos falar de perdão...

 

A pessoa assim fez, rasgou a almofada e o vento espalhou as penas ...  Voltou ao confessionário e disse ao Padre que tinha feito o que ele tinha indicado para poder obter o perdão... O Padre disse: " agora, tenta reunir novamente as penas que se espalharam e volta para falar-mos sobre o perdão"... A pessoa percebendo o que tinha feito, exclamou, mas, Padre será impossível apanhar todas as penas, para onde elas teriam voado ?

Claro que o arrependimento dessa infeliz pessoa sentiu-se nas suas palavras, naquele confessionário, mas, o perdão, esse, não estava ao alcance das circunstâncias, deveria estar ao alcance de Deus...

 

Concluindo, é fácil difamar, é muito fácil emitir juízo de valores acerca de coisas que verdadeiramente nem se sabe muito bem, sobre pessoas que nem sequer conhecem bem, mas "ouviu-se falar"…

 

Assim, sem querer restringir a liberdade de ninguém aqui fica a reflexão... tenham cuidado com o que dizem, porque o perdão e o arrependimento poderão pesar amargamente na consciência de quem levianamente utilizar as palavras a seu "belo prazer".

 

Todos entenderão este apelo, mas só alguns entenderão o propósito desta mensagem, há pessoas que creem que sou "jornaleiro"  sendo que esse termo é depreciativo, há pessoas que julgam que fui afastado da atividade da correspondência de um jornal semanário local de referência, há pessoas que julgam que estou encostado a algum tipo de poder ou lide partidária, há pessoas que pensam que não tenho com que me ocupar...

 

A minha mensagem para essas pessoas é :

 

 A nossa liberdade termina quando calcamos a liberdade dos outros...

 

Artigo de opinião de Filipe Vidal 

 

25-04-2018


tags:

publicado por Filipe Vidal às 10:11
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 13 de Abril de 2018
Localização dos festejos de comemoração da elevação de Valongo do Vouga a Vila

Aqui ficam alguns dados e comentários soltos "para opinarem" :

 

 

Na minha opinião, um espaço minimalista, pode ter os seus encantos e cativar uma plateia até mais participativa!

 

Exemplo da "Garganta" no Rio Marnel, onde já ocorreu em 2011 parte dos festejos da Vila , num espaço ( utilizado na altura ), creio eu, com uma área de menos de 1000 m2 ...

 

 

 

( fica o vídeo para recordarem ou constatarem! Saber o que se fez, e neste caso bem feito, políticas partidárias à parte! )

Artigo original :  https://valongodovouga.blogs.sapo.pt/275958.html

 

 

   

Mas se o objetivo for inserir um evento num espaço com infra estruturas e áera suficiente, então a lógica será outra.

 

Assim, sem eleição de nenhum lugar em especial, para convidar à reflexão, aqui ficam alguns dados a grosso modo:

 

AGUIEIRA:

 

Aguieira.png

(  vista parcial de imagem obtida em google maps )

Largo S Miguel = área aproximada : 4700 m2 (?)

 

Espaço do Cândido = área aproximada :6700 m2 (?)

 

Parque da Boiça = área aproximada :5000 m2 ( ? )

 

 

ARRANCADA DO VOUGA:

 

Arrancada.png

 (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

Escola EB 2,3 de Valongo do Vouga = área descoberta aproxiamda :  20 000 m2 (?)

 

VALONGO DO VOUGA

Valongo.png

  (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Praça S. Pedro = área aproximada :1000 m2  (?)

Terreno de estacionamento  = área aproximada :2800 m2 (?)

( Se o(s) proprietário(s) do(s) terreno(s) contíguo(s) ao estacionamento ceder(em) o(s) espaço(s) aí seria um cenário diferente )

 

SOBREIRO :

 

sobreiro.png

  (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Parque desportivo da Associação Desportiva Valonguense = área aproximada : 12 600 m2

Parque Estacionamento do ADV = área aproximada : 4 500 m2

 

VEIGA:

Veiga.png

   (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Parque Desportivo do GDA = área aproximada : 5000 m2

 

 

Diversos locais na Freguesia de Valongo do Vouga :

 

Freguesia Valongo Vouga.png

   ( imagem obtida em google maps )

 

Há diversos espaços na Vila e Freguesia de Valongo do Vouga : Os largos das festas, ou as áreas envolventes de coletividades ou instituições .... como por exemplo a ACRAR na Redonda, A Casa do Povo de Valongo do Vouga, ou em Fermentões o largo do Carvalho, ou o Stº António de Arrancada, Praça de S. Marcos Carvalhal da Portela,  etc etc ... 

 

 

Exemplo de espaço privado com localização central, e uma envolvência interessante:

 

17000 m2  Quinta da Povoa no Espírito Santo ...

quinta povoa.png

    (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Nota : As áreas apresentadas neste texto, não são rigorosas e podem padecer de correcção, apenas servem para dar um valor comparativo entre os diversos espaços apresentados .... 



publicado por Filipe Vidal às 09:25
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 9 de Abril de 2018
75º Aniversário de Francisco António da Silva Gomes dos Santos

_Francisco Santos.jpg

 

Hoje, Francisco António da Silva Gomes dos Santos, faz 75 anos!

Para muitos desconhecido, querido para alguns!

Nascido em Arrancada do Vouga a 09 Abril de 1943 às 22:30 na casa do Sr. Coutinho, no Cruzeiro de Arrancada, onde estavam a residir na altura os seus pais, ( estando a casa da "Quinta dos Rodelos" sita na atual Rua Inspector Arménio dos Santos, em construção) .

Filho de ( Inspector ) Arménio Gomes dos Santos e Antónia Valente e Silva Gomes dos Santos

Emigrou há muito tempo para o Brasil, formou-se em Advocacia e na cidade de S. Paulo foi Diretor  Delegado da Polícia Judiciária.

 

Do primeiro casamento com Elza João Gomes dos Santos, teve dois filhos :

 

Francisco Alexandre da Silva Gomes dos Santos

Ana Cristina da Silva Gomes dos Santos

 

Da segunda união com Tania Maria Angeli, teve um filho :

 

Fernando Ângeli Gomes dos Santos

 

Escreveu um livro, intitulado " A última ceia em Lisboa", na minha opinião, uma narrativa da saudade, misturada a realidade vivida, com passagens e enigmáticas, alegorias, quase oníricas, encriptadas em algumas frases de Latim e termos Brasileiros, uma quase inexpugnável fortaleza de memórias e sentimentos, cristalizada a essência desta obra por um título, uma fronteira: " A última ceia em Lisboa " e nunca mais regressou a Portugal, excepto aquando do falecimento de seu Pai.

Assim, hoje em dia de Aniversário aqui fica este breve acervo !

 

Parabéns ! 

 

A_ultima_ceia_em_Lisboa_2001.jpg

A_ultima_ceia_em_Lisboa_2001_001.jpg

Obra de 313 páginas, editada no Brasil ( estando na posse da família em Portulgal um exemplar )  

 

 

 

 

 

 

 



publicado por Filipe Vidal às 18:18
link do post | comentar | favorito

Domingo, 22 de Outubro de 2017
Apanhados - Alberto Henriques

22552756_10155078027112219_2916827361786237253_n.j

 

Alberto Henriques, em diálogo com o nosso PR a propósito do incêndios que afectaram no passado domingo dia 15-10-2017 as empresas da família do nosso conterrâneo, localizadas em Oliveira de Frades.

 

Foto obtida no facebook do Alberto Henriques 



publicado por Filipe Vidal às 15:35
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017
Governo decreta três dias de luto nacional

Incêndios: Governo decreta três dias de luto nacional de terça até quinta-feira


Decreto foi aprovado por via eletrónica

O Governo aprovou hoje por via eletrónica, em Conselho de Ministros extraordinário, o decreto que declara luto nacional nos dias de terça-feira, quarta-feira e quinta-feira como forma de pesar e solidariedade pelas vítimas dos incêndios.

"O Conselho de Ministros aprovou hoje, por via eletrónica, o decreto que declara luto nacional nos dias 17,18 e 19 de outubro como forma de pesar e solidariedade com toda a população nacional na sequência dos fogos florestais que atingiram vários pontos do país, provocando perda irreparável de vidas humanas", lê-se no diploma ao qual a agência Lusa teve acesso.

As centenas de incêndios que deflagraram no domingo - o pior dia de fogos do ano segundo as autoridades -, provocaram pelo menos 35 mortos e dezenas de feridos, além de terem obrigado a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas.

O melhor do Diário de Notícias no seu email

Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a qualidade Diário de Notícias.

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou que o Governo assinou um despacho de calamidade pública, abrangendo todos os distritos a norte do Tejo, para assegurar a mobilização de mais meios, principalmente a disponibilidade dos bombeiros no combate aos incêndios.

Portugal acionou o Mecanismo Europeu de Proteção Civil e o protocolo com Marrocos, relativos à utilização de meios aéreos.

 

Esta é a segunda situação mais grave de incêndios com mortos este ano, depois de Pedrógão Grande, no verão, um fogo que alastrou a outros municípios e que provocou 64 mortos e mais de 250 feridos.

Fonte:

 

https://www.dn.pt/portugal/interior/incendios-governo-decreta-tres-dias-de-luto-nacional-de-terca-ate-quinta-feira-8848602.html



publicado por Filipe Vidal às 12:29
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 5 de Outubro de 2017
Convite para inauguração novo Quartel da GNR

Inauguração Posto GNR.jpg

Imagem obtida em : https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1463673767019797&set=gm.1105005186297062&type=3&theater&ifg=1

 

WP_20170928_12_45_09_Pro.jpg

Foto tirada em 28-09-2017

 


tags:

publicado por Filipe Vidal às 16:22
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 2 de Outubro de 2017
Autárquicas 2017

20171001_Autarquicas_Aveiro_Valongo_Vouga.png

20171001_Autarquicas_Aveiro_Valongo_Vouga_AM.png

20171001_Autarquicas_Aveiro_Valongo_Vouga_JF.png

 

Leitura do momento Político em Valongo do Vouga:

 

Situação anterior 5 ( Maioria ) de 9 lugares - Desalinhamento em relação à CMA alinhada com o poder central.

Situação atual 4 de 9 lugares ( Maioria ) - Alinhamento com CMA "desalinhada" com o Poder Central.

 

Olhando para a percentagem de cada força representada, ocorreu uma mudança do sentido do voto, houve uma força nítidamente vencedora e 3 forças que perderam as suas posições em realação às Autárquicas de 2013.

 

Felicitando o grupo que obteve resultados mais expressivos e saudando quem fica com a responsabilidadna da oposição.

 

 


tags:

publicado por Filipe Vidal às 08:22
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017
Acerca do Debate sobre Freguesia de Valongo Vouga, Autárquicas 2017

Hoje, dia mundial da Paz, vai-se fazer história em Valongo do Vouga.

 

Graças à iniciativa da rádio MUNDIAL FM do nosso conterrâneo Nuno Soares e devido à pressão da opinião gerada nas redes sociais no facebook através do grupo VALONGO DO VOUGA ( O JUDAS ) criado recentemente,  os candidatos às eleições autárquicas 2017 para a Junta de Freguesia de Valongo do Vouga vão realizar um debate conjunto que, inicialmente estava previsto ser realizado na Sede da Junta de Freguesia de Valongo do Vouga (mas fruto da crítica ou falta de consenso entre candidatos), foi redirecionado para o Auditório da Casa do Povo de Valongo do Vouga. Por se julgar que o auditório abrangendo pouco mais que 100 lugares a Direcção da Casa do Povo do Vouga propôs que o debate fosse realizado no pavilhão multi-usos da Casa do Povo de Valongo do Vouga, capacitando assim a assistência que se julga vir a ser significativamente elevada.

 

Este debate, pioneiro em Valongo do Vouga, pretende dar oportunidade e visibilidade às candidaturas e reúne no mesmo espaço os diversos candidatos à Junta de Freguesia de Valongo do Vouga/ Autárquicas 2017.

 

20170906_001.jpg

 

 

 

 

  BRASÃO: Escudo verde, árvore de ouro, arrancada do mesmo, entre um cacho de uvas de ouro, folhado de prata e uma roca de ouro, enrolada de prata, tudo realçado de negro; Contra-chefe ondeado de prata e azul. Coroa mural de prata de três torres ( *** ). Listel branco, com a legenda a negro, em maiúsculas: VALONGO DO VOUGA.

 

Memória descritiva e justificativa dos símbolos:

-              A roca e o seu fio, representam a indústria de fiação.

-              A árvore e o cacho de uvas lembram as culturas predominantes na freguesia.

-              A prata simboliza a prudência, a força, a amizade, inocência e fidelidade.

-              O ouro significa a nobreza, a lealdade, a justiça e a constância.

-              O verde o amor, esperança, cortesia, lealdade e fé.

 

 ( ***) Depois da elevação a Vila passou a ter 4 torres.

  

FILIPE_VIDAL_1.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os seus símbolos, na minha opinião separam-se em duas descrições:

 

A descrição objectiva :

 

A indústria

A Agricultura

 

As restantes são subjectivas, descrevem carácter, sentimentos e atitudes

 

A Prata:

 

prudência

força

amizade

inocência

fidelidade

 

 

O Ouro :

 

Nobreza

Lealdade

Justiça

constância

 

O verde:

 

O amor

esperança

cortesia

lealdade

fé.

 

Se dissecar-mos cada um destes descritivos o que podemos comentar (?) :

 

A indústria :

 

A alusão à indústria textil :

 

Um rol de empresas que se extinguiram:

 

Santelmo - localizada no Bairro do Pedrozelo

Almagre - localizada na Cumeada

Arrancar, fiação de Arrancada - localizada na Cruzinha

Cardifil - localizada na Cruzinha

Antonio Pereira Vidal - localizada na Póvoa do Espírito Santo

  

Ficou a Lanidor que mantém as suas instalações na Cruzinha e adquiriu as antigas instalações da  Antonio Pereira Vidal na Póvoa do Espírito Santo

 

Se não for produzida uma solução para a fixar atrair e desenvolver a indústria, ela continuará em declínio com exepção à regra como o exemplo do "grupo Ramalhos" 

Valongo do Vouga tem que ter um polo industrial norte de Águeda com ligação à A25.

 

A Agricultura:

 

Atualmente a agricultura em Valongo do Vouga é genericamente, uma agricultura de fundo de quintal, nem se pode considerar de subsistência, é uma agricultura que é com orgulho de quem a produz, uma tradição familiar baseada na aprendizagem verbalizada e empiricamente reproduzida por uma sucessão de gerações … Exepção? Uma unidade vitivinícola, a Quinta da Aguieira, propriedade da Quinta da Aveleda …. Ou a exploração intensiva da mancha florestal de Valongo do Vouga que carece de algum ordenamento e  uma via de escoamento condizente…

 

Se não tivermos uma ligação à A25 ou algo alternativo para escoar os produtos florestais, continuaremos encarcerados e condicionados!

 

A Prata:

 

Prudência “prudência na palavra e nos actos “

Força “ força para não desistir do que se propõem fazer”

Amizade “ Amizade pelos conterrâneos e populações limítrofes”

Inocência “ Inocência em acreditar que todas as ofertas da edilidade são vantajosas para a nossa terra (?)”

Fidelidade “ fidelidade aos princípios que norteiem  o nosso futuro “

 

 

O Ouro :

 

Nobreza “ sentimento não de vaidade, mas estar acima dos nossos próprios interesses”

Lealdade “ Não trair os seus pares”

Justiça “ Tratar com igualdade, baseando-se sempre nas leis”

Constância “ perseverança para não desistir às adversidades”

 

O verde:

 

O amor “ Amor à sua terra e ao próximo”

Esperança “ Esperança de poder sonhar com um futuro melhor”

Cortesia “ Cortesia no trato, nas expressões e nos atos”

Lealdade “ Leais a si próprios para não ser desleal para com os outros”

. “Fé, crença, força anímica que nos conduza mesmo sem vermos porquê nem para onde, sabendo que há algo para além do que o nosso pensamento alcança…”

 

Nota: Este texto utiliza parcialmente conteúdos do livro de António Simões Estima  ( MONOGRAFIA DE VALONGO DO VOUGA -   Subsídios para a sua História ) nos elementos descritivos do Brazão, todo o resto é produto da minha inspiração deste momento que se vive em Valongo do Vouga!


tags:

publicado por Filipe Vidal às 19:21
link do post | comentar | favorito

Domingo, 18 de Junho de 2017
País Governo decreta três dias de luto nacional


Governo decreta três dias de luto nacional
Lusa18 Jun, 2017, 13:47 / atualizado em 18 Jun, 2017, 13:51 | País
Governo decreta três dias de luto nacional | Lusa


O Conselho de Ministros aprovou um decreto que declara luto nacional durante três dias, entre hoje e terça-feira, pelas vítimas do incêndio que deflagrou no Município de Pedrógão Grande e afetou vários concelhos.

Em comunicado, o Governo adianta que este decreto foi aprovado "fazendo uso da faculdade de deliberação eletrónica prevista nos termos do Regimento do Conselho de Ministros".

O decreto, lê-se no comunicado, "produz efeitos a partir do dia 18 de junho de 2017 [hoje] e entra imediatamente em vigor".

Pelo menos 62 pessoas morreram no incêndio que atinge Pedrógão Grande e outros dois concelhos do distrito de Leiria desde sábado, disse hoje o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes.

O balanço anterior era de 58 vítimas mortais.

Fonte:


18-06-2017


https://www.rtp.pt/noticias/pais/governo-decreta-tres-dias-de-luto-nacional_n1008709



publicado por Filipe Vidal às 13:51
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2016
Ana Maria Xavier

 

6870951_56U42.jpeg

 

( Fotografia 03-08-2010 ) 

Valongo do Vouga está mais pobre...

Faleceu Ana Maria Xavier, Benemérita, como alguém hoje que me deu a triste notícia dizendo... "muito contribuiu para tanta coisa a minha antiga patroa" ... eu retorqui... certamente o que as pessoas sabem é como um iceberg... só se vê a ponta....

O meu testemunho fica pelo agradecimento dos pequenos gestos, da piscina da sua casa aberta para as minhas filhas ... e para tantas outras crianças... da deferência e simpatia do bom trato, da boa vizinhança... as boas pessoas não se esquecem...

E é nos simples gestos que se elevam dos demais... mais uma estrelinha a iluminar o céu!



publicado por Filipe Vidal às 21:43
link do post | comentar | favorito

mais informações
pesquisar
 
arquivos
posts recentes

25 de Abril

Localização dos festejos ...

75º Aniversário de Franc...

Apanhados - Alberto Henri...

Governo decreta três dias...

Convite para inauguração ...

Autárquicas 2017

Acerca do Debate sobre Fr...

País Governo decreta três...

Ana Maria Xavier

tags

todas as tags

links
Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
30


subscrever feeds