Notícias sobre Valongo do Vouga

Sexta-feira, 13 de Abril de 2018
Localização dos festejos de comemoração da elevação de Valongo do Vouga a Vila

Aqui ficam alguns dados e comentários soltos "para opinarem" :

 

 

Na minha opinião, um espaço minimalista, pode ter os seus encantos e cativar uma plateia até mais participativa!

 

Exemplo da "Garganta" no Rio Marnel, onde já ocorreu em 2011 parte dos festejos da Vila , num espaço ( utilizado na altura ), creio eu, com uma área de menos de 1000 m2 ...

 

 

 

( fica o vídeo para recordarem ou constatarem! Saber o que se fez, e neste caso bem feito, políticas partidárias à parte! )

Artigo original :  https://valongodovouga.blogs.sapo.pt/275958.html

 

 

   

Mas se o objetivo for inserir um evento num espaço com infra estruturas e áera suficiente, então a lógica será outra.

 

Assim, sem eleição de nenhum lugar em especial, para convidar à reflexão, aqui ficam alguns dados a grosso modo:

 

AGUIEIRA:

 

Aguieira.png

(  vista parcial de imagem obtida em google maps )

Largo S Miguel = área aproximada : 4700 m2 (?)

 

Espaço do Cândido = área aproximada :6700 m2 (?)

 

Parque da Boiça = área aproximada :5000 m2 ( ? )

 

 

ARRANCADA DO VOUGA:

 

Arrancada.png

 (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

Escola EB 2,3 de Valongo do Vouga = área descoberta aproxiamda :  20 000 m2 (?)

 

VALONGO DO VOUGA

Valongo.png

  (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Praça S. Pedro = área aproximada :1000 m2  (?)

Terreno de estacionamento  = área aproximada :2800 m2 (?)

( Se o(s) proprietário(s) do(s) terreno(s) contíguo(s) ao estacionamento ceder(em) o(s) espaço(s) aí seria um cenário diferente )

 

SOBREIRO :

 

sobreiro.png

  (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Parque desportivo da Associação Desportiva Valonguense = área aproximada : 12 600 m2

Parque Estacionamento do ADV = área aproximada : 4 500 m2

 

VEIGA:

Veiga.png

   (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Parque Desportivo do GDA = área aproximada : 5000 m2

 

 

Diversos locais na Freguesia de Valongo do Vouga :

 

Freguesia Valongo Vouga.png

   ( imagem obtida em google maps )

 

Há diversos espaços na Vila e Freguesia de Valongo do Vouga : Os largos das festas, ou as áreas envolventes de coletividades ou instituições .... como por exemplo a ACRAR na Redonda, A Casa do Povo de Valongo do Vouga, ou em Fermentões o largo do Carvalho, ou o Stº António de Arrancada, Praça de S. Marcos Carvalhal da Portela,  etc etc ... 

 

 

Exemplo de espaço privado com localização central, e uma envolvência interessante:

 

17000 m2  Quinta da Povoa no Espírito Santo ...

quinta povoa.png

    (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Nota : As áreas apresentadas neste texto, não são rigorosas e podem padecer de correcção, apenas servem para dar um valor comparativo entre os diversos espaços apresentados .... 



publicado por Filipe Vidal às 09:25
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 9 de Abril de 2018
75º Aniversário de Francisco António da Silva Gomes dos Santos

_Francisco Santos.jpg

 

Hoje, Francisco António da Silva Gomes dos Santos, faz 75 anos!

Para muitos desconhecido, querido para alguns!

Nascido em Arrancada do Vouga a 09 Abril de 1943 às 22:30 na casa do Sr. Coutinho, no Cruzeiro de Arrancada, onde estavam a residir na altura os seus pais, ( estando a casa da "Quinta dos Rodelos" sita na atual Rua Inspector Arménio dos Santos, em construção) .

Filho de ( Inspector ) Arménio Gomes dos Santos e Antónia Valente e Silva Gomes dos Santos

Emigrou há muito tempo para o Brasil, formou-se em Advocacia e na cidade de S. Paulo foi Diretor  Delegado da Polícia Judiciária.

 

Do primeiro casamento com Elza João Gomes dos Santos, teve dois filhos :

 

Francisco Alexandre da Silva Gomes dos Santos

Ana Cristina da Silva Gomes dos Santos

 

Da segunda união com Tania Maria Angeli, teve um filho :

 

Fernando Ângeli Gomes dos Santos

 

Escreveu um livro, intitulado " A última ceia em Lisboa", na minha opinião, uma narrativa da saudade, misturada a realidade vivida, com passagens e enigmáticas, alegorias, quase oníricas, encriptadas em algumas frases de Latim e termos Brasileiros, uma quase inexpugnável fortaleza de memórias e sentimentos, cristalizada a essência desta obra por um título, uma fronteira: " A última ceia em Lisboa " e nunca mais regressou a Portugal, excepto aquando do falecimento de seu Pai.

Assim, hoje em dia de Aniversário aqui fica este breve acervo !

 

Parabéns ! 

 

A_ultima_ceia_em_Lisboa_2001.jpg

A_ultima_ceia_em_Lisboa_2001_001.jpg

Obra de 313 páginas, editada no Brasil ( estando na posse da família em Portulgal um exemplar )  

 

 

 

 

 

 

 



publicado por Filipe Vidal às 18:18
link do post | comentar | favorito

Domingo, 13 de Dezembro de 2015
Espaço Museu, “Memórias do Século XX

A Casa do Povo de Valongo do Vouga convida-o a visitar o seu Espaço Museu, “Memórias do Século XX em Valongo do Vouga”, que estará novamente aberto ao público no próximo sábado, dia 19 de dezembro das 14h às 16h e no domingo, dia 20 de dezembro das 14h30 às 18h00.

No Museu está exposto um acervo de memórias e artigos que ajudam a contar a história do século XX em Valongo do Vouga através de fotografias, documentos e alguns objetos relativos a vários temas do quotidiano.

A Casa do Povo de Valongo do Vouga espera que com a sua visita, possa recordar ou conhecer um pouco da história da Vila de Valongo do Vouga.

Fora destas datas, o Museu poderá ser visitado, mediante marcação prévia.

 

 

Artigo redigido por Ana Paula dos Santos Lima

paula lima.jpg

 

 



publicado por Filipe Vidal às 09:33
link do post | comentar | favorito

Grupo Folclórico Infantil e Juvenil da Casa do Povo de Valongo do Vouga

 

Valongo atuação Grupo Folclórico (1).jpg

Valongo atuação Grupo Folclórico (2).jpg

 

O Grupo Folclórico Infantil e Juvenil da Casa do Povo de Valongo do Vouga atuou nos Festejos em Honra da Nossa Senhora da Conceição no passado dia 8 de dezembro em Casal de Álvaro.

O desfile pelas ruas de Casal de Álvaro teve início por volta das 15h, seguindo-se as atuações no palco. O Grupo Folclórico Infantil e Juvenil da Casa do Povo de Valongo do Vouga atuou durante cerca de 40 minutos, apresentando algumas danças e cantares tradicionais de Valongo do Vouga. Nos festejos estiveram também presentes o Grupo Folclórico e Etnográfico Infantil de Macinhata do Vouga e o Grupo Típico Infantil do Cancioneiro de Águeda, promovendo uma animada tarde de Folclore na localidade.

 

 

Artigo redigido por Ana Paula dos Santos Lima

paula lima.jpg

 

 



publicado por Filipe Vidal às 09:15
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 7 de Dezembro de 2015
XIV Festival Casa Mágica

Valongo Festival de Marionetas (1).jpg

Valongo Festival de Marionetas (6).jpg

Valongo Festival de Marionetas (7).jpg

 

O XIV Festival Internacional de Marionetas da Casa do Povo de Valongo do Vouga voltou a encher de vida o centro da Vila de Valongo do Vouga, no passado fim-de-semana.

A Casa do Povo de Valongo do Vouga, voltou a cumprir a tradição, com a realização da 14ª Casa Mágica, de 4 a 6 de dezembro no auditório da instituição. Ao longo dos cinco espetáculos apresentados, estiveram presentes centenas de pessoas. Os espetáculos de marionetas apresentaram vários talentos para além da manipulação hábil desses bonecos, que trazem sempre muita alegria às crianças e não só.

Os espetáculos não se limitaram ao auditório, tendo contando com animações realizadas no exterior do edifício.

A direção artística esteve a cargo de Beto Hinça.

A receita destes espetáculos reverteu integralmente para a Associação Palhaços d’Opital.

A Casa Mágica teve o apoio dos Restaurantes: Casa Branca, Videira e Jacinto.

 

 

Artigo redigido por Ana Paula dos Santos Lima

paula lima.jpg

 

 



publicado por Filipe Vidal às 20:46
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 30 de Novembro de 2015
XIV Casa Mágica

XIV Festival Internacional de Marionetas na Casa do Povo de Valongo do Vouga de 4 a 6 de dezembro

A Casa do Povo de Valongo do Vouga, cumprindo a tradição de catorze anos de Casa Mágica, promove mais um ano o Festival de Marionetas a realizar no auditório da instituição.

 

Valongo Casa Mágica.jpg

 

 Sexta-Feira, dia 4 de Dezembro

14h e 15h30 "MAGIA MUSICAL" - Companhia Beto Hinça - Portugal

(espetáculo reservado e oferecido às instituições locais);

Trata-se de um espetáculo onde um marionetista com muitas habilidades contracena com bonecos cheios de vida e talento para a música e para o circo. Um pouco desajeitado a princípio, consegue proporcionar momentos, ora engraçados, ora cheios de encanto e ternura. Na primeira parte do espetáculo desfilam números musicais, executados com uma grande riqueza de pormenores, passando do samba para o jazz, com música clássica e a dança. Num segundo momento, o ator marionetista transforma-se num palhaço, onde os números circenses resgatam um pouco da infância que permanece em todos nós. Números como o de um cãozinho amestrado, um contorcionista ou uma ciclista são executados com a alegria e a animação contagiante do mundo do circo.

21h30 " A REVOLUÇÃO NA COZINHA" - Teatro De La Plaza" - Brasil, Argentina

“A Revolução na Cozinha” propõe um divertido jogo entre sonho e realidade que envolve a
criança na fantasia da história, enquanto o adulto se diverte com os recursos técnicos e o requinte da manipulação. Um típico Chefe francês, depois de arrumar a sua cozinha, resolve fazer uma sesta. Enquanto ele dorme, os objetos da cozinha, utensílios e alimentos, começam aos poucos a ganhar vida, falando e mexendo-se. Ao despertar da sua sesta, o cozinheiro envolve-se numa aventura fantástica, onde sonho e realidade se confundem. A vassoura, a lixeira, o relógio-cuco, os legumes que cozinham na panela, o frango e o peixe que acabaram de sair do frigorífico têm vontade própria e vão provocar uma... REVOLUÇÃO NA COZINHA.

 

Sábado, dia 5 de Dezembro

21h30 " NO TOQUE EN MIS MANOS" - Companhia Sombras Chinas de Valeria Guglietti - Argentina.

Espetáculo onde as sombras chinesas se encontram com o cinema mudo, a comédia, o teatro e a música, criando uma coleção de histórias cheias de graça e encantamento para todos os públicos. Desde o princípio dos tempos, o homem convive com a sua sombra, brincando com as mãos e criando formas. Os chineses converteram este convívio e brincadeira num género de teatro com uma linguagem universal.

 

 Domingo, dia 6 de Dezembro

16h " RAÍZES" - Companhia Yeppa - Espanha.

“Raízes” é um espetáculo sem palavras, conduzido por canções populares e tradicionais do Principado das Astúrias na Espanha. Bonecos, música e dança dão vida a algumas das manifestações da cultura e do sentir popular desta gente desde os tempos de infância. Pequenos fragmentos de vida, cheios de riqueza e diversidade que transformam um dia qualquer num dia especial.

 

A direção artística estará a cargo de Beto Hinça.

Informações e reservas: 234 630 500    |     casapovovalongo@mail.telepac.pt

Apoios: Restaurante Casa Branca, Restaurante Videira e Restaurante Jacinto.

A receita destes espetáculos reverte integralmente para a Associação Palhaços d’Opital.

 

 

 

 

 

Artigo redigido por Ana Paula dos Santos Lima

paula lima.jpg

 

 



publicado por Filipe Vidal às 21:47
link do post | comentar | favorito

Espaço Museu, “Memórias do Século XX

A Casa do Povo de Valongo do Vouga convida-o a visitar o seu Espaço Museu, “Memórias do Século XX em Valongo do Vouga”, que estará novamente aberto ao público no próximo domingo, dia 6 de dezembro das 14h30 às 18h00.

No Museu está exposto um acervo de memórias e artigos que ajudam a contar a história do século XX em Valongo do Vouga através de fotografias, documentos e alguns objetos relativos a vários temas do quotidiano.

A Casa do Povo de Valongo do Vouga espera que com a sua visita, possa recordar ou conhecer um pouco da história da Vila de Valongo do Vouga.

Fora desta data o Museu poderá ser visitado, mediante marcação prévia.

 

 

Artigo redigido por Ana Paula dos Santos Lima

paula lima.jpg

 

 



publicado por Filipe Vidal às 19:58
link do post | comentar | favorito

Bailado Quebra nozes

Valongo Quebra Nozes (1).jpg

Valongo Quebra Nozes (2).jpg

 

Alunas da Assoartes participaram no espetáculo “Quebra-Nozes & O Rei dos Ratos” que teve lugar no fim-de-semana passado no Cineteatro Alba em Albergaria-a-Velha.

A aCAdemia de Dança – Clube de Albergaria apresentou no passado fim-de-semana, (28 e 29 de novembro), o bailado “Quebra-Nozes & O Rei dos Ratos, uma reinterpretação do bailado “Quebra-Nozes”, cuja primeira versão coreográfica estreou no Teatro Mariinsky, de São Petersburgo, em 1892.

Este bailado é uma fábula sobre a saudade perpétua da infância perdida e do contraste entre a realidade do mundo dos adultos e o mundo dos sonhos das crianças. Graças ao seu colorido, extraordinária imaginação, e à inesquecível música de Tchaikovsky, o “Quebra-Nozes” é um dos bailados mais representados em todo o mundo.

A interpretação contou com 13 bailarinas Valonguenses da Assoartes, bailarinos da aCAdemia de Albergaria-a-Velha, da Casa do Povo da Gafanha da Nazarés e do CNSA – Colégio Nossa Senhora da Assunção de Anadia. A direção artística é de Patrícia Reis, com figurinos de Tucha Martins, cenografia de Patrícia Reis e Victor Melo, argumento de Marius Petipa, baseado no conto de E.T.A. Hoffman, cabelos e maquilhagem ao cargo de Hannah Cabeleireiros e multimédia, desenho e operação por luz Victor Melo.

Este espetáculo foi uma produção da aCAdemia de Dança – Clube de Albergaria que contou com o apoio da Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha e do Cineteatro Alba.

 

 

Artigo redigido por Ana Paula dos Santos Lima

paula lima.jpg

 

 



publicado por Filipe Vidal às 19:54
link do post | comentar | favorito

A 1ª Edição do Ciclo de Cinema de Animação

Valongo Tela Mágica.jpg

 

A 1ª Edição do Ciclo de Cinema de Animação – Tela Mágica na Casa do Povo de Valongo do Vouga levou dezenas de pessoas ao auditório no passado fim-de-semana, 28 e 29 de novembro.

Neste ciclo de cinema dedicado a filmes de animação, utilizando a marioneta como objeto principal para a narrativa, o pressuposto foi fazer uma pequena, mas reveladora programação de filmes com diferentes técnicas, estéticas e temáticas e com uma perspetiva histórica que contextualizasse a sua evolução. Disso foi também reveladora a sessão levada a cabo no Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga junto de três turmas do 2º ciclo, na qual se mostraram pequenos objetos de dispositivos óticos de animação (flip books), bem como curtas-metragens de realizadores estrangeiros e nacionais.

A programação no Auditório da Casa do Povo procurou promover a fruição de filmes que não fazem parte do habitual circuito de exibição, integrando outras formas de contar narrativas e perspetivas do mundo. Apesar de não ter tido enchentes de público, ainda assim, o ciclo afirmou a sua pertinência na proposta de alternativas de programação de cinema, na ligação a atividades já integradas na rotina cultural da freguesia e na ligação desenvolvida com distintas entidades, como a Casa da Povo, Agrupamento de Escolas e Fundação Nossa Senhora da Conceição.

 

 

Artigo redigido por Ana Paula dos Santos Lima

paula lima.jpg

 

 



publicado por Filipe Vidal às 19:40
link do post | comentar | favorito

Domingo, 22 de Novembro de 2015
Cinema na Casa do Povo de Valongo do Vouga

Valongo Tela Mágica (4).jpg

 

Valongo Tela Mágica (1).jpg

Valongo Tela Mágica (2).jpg

Valongo Tela Mágica (3).jpg

 

A Casa do Povo de Valongo do Vouga apresenta o Ciclo de Cinema de Animação - Tela Mágica no próximo fim-de-semana, 28 e 29 de novembro. Este ciclo de cinema de animação, que terá lugar no auditório da instituição, será integralmente dedicado à animação de marionetas. Enquanto um complemento natural ao festival de marionetas CASA MÁGICA, este ciclo de cinema procura não só expandir as possibilidades estéticas e temáticas deste objeto performativo, mas também ambiciona criar dinâmicas entre os diferentes públicos e instituições da comunidade valonguense.

O programa será o seguinte:

28 NOVEMBRO | SÁBADO

15h30

AS AVENTURAS DO PRÍNCIPE ACHMED (versão restaurada)

de Lotte Reiniger [1926]

M/6 anos | 66 minutos

Primeira longa-metragem de animação europeia, utilizando o princípio das sombras chinesas, esta é uma exótica fábula repleta de batalhas, comédia, romance, magia e confrontos com pequenos e grandes demónios do outro lado do mundo.

 

21h30

MARY & MAX

de Adam Elliot [2009]

M/12 anos | 92 minutos

Um conto de amizade escrito a duas mãos entre dois amigos improváveis: Mary, uma menina solitária de oito anos que vive nos arredores de Melbourne, e Max, um quarentão obeso de Nova Iorque.

 

29 NOVEMBRO | DOMINGO

15h30

O ESTRANHO MUNDO DE JACK

de Henry Selick [1993]

M/12 anos | 76 minutos

Jack Skellington é o Rei das Abóboras na cidade de Haloween, mas está entediado de celebrar a Noite das Bruxas. Certo dia ele descobre a cidade do Natal e uma ideia genial e diabólica apodera-se de todo o seu entusiasmo: este ano, irá ser ele o Pai Natal e toda a cidade de Halloween ficará encarregue dos preparativos da quadra.

A entrada será gratuita, aceitando-se, contudo, donativos em géneros alimentares que reverterão para o auxílio da Fundação Nossa Senhora da Conceição a famílias carenciadas da freguesia de Valongo do Vouga.

A Mediação e Produção estará a cargo de Coletivo, ac, com PEDEPANO Projetos Culturais como promotor associado.



publicado por Filipe Vidal às 20:32
link do post | comentar | favorito

mais informações
pesquisar
 
arquivos
posts recentes

Localização dos festejos ...

75º Aniversário de Franc...

Espaço Museu, “Memórias d...

Grupo Folclórico Infantil...

XIV Festival Casa Mágica

XIV Casa Mágica

Espaço Museu, “Memórias ...

Bailado Quebra nozes

A 1ª Edição do Ciclo de C...

Cinema na Casa do Povo de...

tags

todas as tags

links
Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
30


subscrever feeds