Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Valongo do Vouga

Notícias sobre Valongo do Vouga

Valongo do Vouga

Notícias sobre Valongo do Vouga

25 de Abril

25 abril.JPG

 

A Nossa liberdade termina quando calcamos a liberdade dos outros...

 

Hoje, nas redes sociais de uma forma arbitrária, descontrolada e egocêntrica, há pessoas que se dedicam ao culto da má língua, nos diversos sentidos em que isso se possa aplicar, no sentido literário, no sentido depreciativo.

 

As redes sociais devem, na minha opinião servir para aproximar as pessoas, divulgar o que de bom se faz, e claro que também devem alertar para o que possa estar errado.

 

Se criticar é instrumento fácil, apresentar soluções ou colaborar na viabilidade das mesmas é tarefa árdua e não está ao alcance de todos, só alguns conseguem atingir esse propósito!

 

Sem que se tenha que recorrer a censura, há que no entanto ter bom senso! Há pessoas que deveriam ter algum cuidado com o que dizem porque as palavras mal utilizadas são armas que ferem e envenenam.

 

Há que distinguir informação e opinião!

 

Recentemente vi um pequeno vídeo de uma pessoa que se confessava a um Padre, pedindo perdão por ter difamado outra pessoa. O Padre, sábio na sua decisão disse, vai para casa, sobe ao telhado pega na almofada de penas e rasga-a ... e depois volta amanhã para que possamos falar de perdão...

 

A pessoa assim fez, rasgou a almofada e o vento espalhou as penas ...  Voltou ao confessionário e disse ao Padre que tinha feito o que ele tinha indicado para poder obter o perdão... O Padre disse: " agora, tenta reunir novamente as penas que se espalharam e volta para falar-mos sobre o perdão"... A pessoa percebendo o que tinha feito, exclamou, mas, Padre será impossível apanhar todas as penas, para onde elas teriam voado ?

Claro que o arrependimento dessa infeliz pessoa sentiu-se nas suas palavras, naquele confessionário, mas, o perdão, esse, não estava ao alcance das circunstâncias, deveria estar ao alcance de Deus...

 

Concluindo, é fácil difamar, é muito fácil emitir juízo de valores acerca de coisas que verdadeiramente nem se sabe muito bem, sobre pessoas que nem sequer conhecem bem, mas "ouviu-se falar"…

 

Assim, sem querer restringir a liberdade de ninguém aqui fica a reflexão... tenham cuidado com o que dizem, porque o perdão e o arrependimento poderão pesar amargamente na consciência de quem levianamente utilizar as palavras a seu "belo prazer".

 

Todos entenderão este apelo, mas só alguns entenderão o propósito desta mensagem, há pessoas que creem que sou "jornaleiro"  sendo que esse termo é depreciativo, há pessoas que julgam que fui afastado da atividade da correspondência de um jornal semanário local de referência, há pessoas que julgam que estou encostado a algum tipo de poder ou lide partidária, há pessoas que pensam que não tenho com que me ocupar...

 

A minha mensagem para essas pessoas é :

 

 A nossa liberdade termina quando calcamos a liberdade dos outros...

 

Artigo de opinião de Filipe Vidal 

 

25-04-2018

Localização dos festejos de comemoração da elevação de Valongo do Vouga a Vila

Aqui ficam alguns dados e comentários soltos "para opinarem" :

 

 

Na minha opinião, um espaço minimalista, pode ter os seus encantos e cativar uma plateia até mais participativa!

 

Exemplo da "Garganta" no Rio Marnel, onde já ocorreu em 2011 parte dos festejos da Vila , num espaço ( utilizado na altura ), creio eu, com uma área de menos de 1000 m2 ...

 

 

 

( fica o vídeo para recordarem ou constatarem! Saber o que se fez, e neste caso bem feito, políticas partidárias à parte! )

Artigo original :  https://valongodovouga.blogs.sapo.pt/275958.html

 

 

   

Mas se o objetivo for inserir um evento num espaço com infra estruturas e áera suficiente, então a lógica será outra.

 

Assim, sem eleição de nenhum lugar em especial, para convidar à reflexão, aqui ficam alguns dados a grosso modo:

 

AGUIEIRA:

 

Aguieira.png

(  vista parcial de imagem obtida em google maps )

Largo S Miguel = área aproximada : 4700 m2 (?)

 

Espaço do Cândido = área aproximada :6700 m2 (?)

 

Parque da Boiça = área aproximada :5000 m2 ( ? )

 

 

ARRANCADA DO VOUGA:

 

Arrancada.png

 (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

Escola EB 2,3 de Valongo do Vouga = área descoberta aproxiamda :  20 000 m2 (?)

 

VALONGO DO VOUGA

Valongo.png

  (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Praça S. Pedro = área aproximada :1000 m2  (?)

Terreno de estacionamento  = área aproximada :2800 m2 (?)

( Se o(s) proprietário(s) do(s) terreno(s) contíguo(s) ao estacionamento ceder(em) o(s) espaço(s) aí seria um cenário diferente )

 

SOBREIRO :

 

sobreiro.png

  (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Parque desportivo da Associação Desportiva Valonguense = área aproximada : 12 600 m2

Parque Estacionamento do ADV = área aproximada : 4 500 m2

 

VEIGA:

Veiga.png

   (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Parque Desportivo do GDA = área aproximada : 5000 m2

 

 

Diversos locais na Freguesia de Valongo do Vouga :

 

Freguesia Valongo Vouga.png

   ( imagem obtida em google maps )

 

Há diversos espaços na Vila e Freguesia de Valongo do Vouga : Os largos das festas, ou as áreas envolventes de coletividades ou instituições .... como por exemplo a ACRAR na Redonda, A Casa do Povo de Valongo do Vouga, ou em Fermentões o largo do Carvalho, ou o Stº António de Arrancada, Praça de S. Marcos Carvalhal da Portela,  etc etc ... 

 

 

Exemplo de espaço privado com localização central, e uma envolvência interessante:

 

17000 m2  Quinta da Povoa no Espírito Santo ...

quinta povoa.png

    (  vista parcial de imagem obtida em google maps )

 

Nota : As áreas apresentadas neste texto, não são rigorosas e podem padecer de correcção, apenas servem para dar um valor comparativo entre os diversos espaços apresentados .... 

75º Aniversário de Francisco António da Silva Gomes dos Santos

_Francisco Santos.jpg

 

Hoje, Francisco António da Silva Gomes dos Santos, faz 75 anos!

Para muitos desconhecido, querido para alguns!

Nascido em Arrancada do Vouga a 09 Abril de 1943 às 22:30 na casa do Sr. Coutinho, no Cruzeiro de Arrancada, onde estavam a residir na altura os seus pais, ( estando a casa da "Quinta dos Rodelos" sita na atual Rua Inspector Arménio dos Santos, em construção) .

Filho de ( Inspector ) Arménio Gomes dos Santos e Antónia Valente e Silva Gomes dos Santos

Emigrou há muito tempo para o Brasil, formou-se em Advocacia e na cidade de S. Paulo foi Diretor  Delegado da Polícia Judiciária.

 

Do primeiro casamento com Elza João Gomes dos Santos, teve dois filhos :

 

Francisco Alexandre da Silva Gomes dos Santos

Ana Cristina da Silva Gomes dos Santos

 

Da segunda união com Tania Maria Angeli, teve um filho :

 

Fernando Ângeli Gomes dos Santos

 

Escreveu um livro, intitulado " A última ceia em Lisboa", na minha opinião, uma narrativa da saudade, misturada a realidade vivida, com passagens e enigmáticas, alegorias, quase oníricas, encriptadas em algumas frases de Latim e termos Brasileiros, uma quase inexpugnável fortaleza de memórias e sentimentos, cristalizada a essência desta obra por um título, uma fronteira: " A última ceia em Lisboa " e nunca mais regressou a Portugal, excepto aquando do falecimento de seu Pai.

Assim, hoje em dia de Aniversário aqui fica este breve acervo !

 

Parabéns ! 

 

A_ultima_ceia_em_Lisboa_2001.jpg

A_ultima_ceia_em_Lisboa_2001_001.jpg

Obra de 313 páginas, editada no Brasil ( estando na posse da família em Portulgal um exemplar )  

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D