Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Valongo do Vouga

Notícias sobre Valongo do Vouga

Valongo do Vouga

Notícias sobre Valongo do Vouga

Acção de Sensibilização “ Idosos em Segurança”

20080325 P1010035.JPG
A Guarda Nacional Republicana em articulação com as Ipss de Valongo do Vouga, Macinhata do Vouga e Préstimo promoveram no passado dia 25 de Março no Auditório da Casa do Povo uma Acção de Sensibilização «Idosos em Segurança».
As entidades envolvidas nesta iniciativa pretenderam uma melhor compreensão das regras de segurança básicas, promovendo o bem-estar e segurança da comunidade idosa.
As burlas a idosos registaram um aumento durante o ano de 2007 em relação ao ano de 2006, o que não deixa de ser preocupante no seio dos Comandos da Guarda Nacional Republicana.
Foi neste sentido, e à imagem do que já foi efectuado em anos anteriores, que o Comando situado no Posto de Arrancada do Vouga, representado pelo 1º Sargento António Tavares Almeida se propôs efectuar uma acção de sensibilização junto da população mais idosa.

Esta parceria estabelecida entre IPSS e GNR reforça ainda mais a intenção de minimizar os principais problemas de segurança dos cidadãos, em particular daqueles que apresentam uma maior vulnerabilidade.

20080325 P1010037.JPG


Programa Apoio 65 – Idosos em Segurança

O que é?
Como funciona?
Em casa
Na rua

Todos temos, homens e mulheres, não importando a idade, direito à segurança e a uma vida tranquila.
A Policia de Segurança Publica trabalha para que, também os mais velhos vivam esse direito.

O desenvolvimento da actividade Policial tão perto quanto possível das populações, a visibilidade das forças de segurança e a sua efectiva capacidade para resolver os problemas concretos dos cidadãos, corresponde ao que hoje se designa por Policiamento de Proximidade.

No âmbito deste princípio, o Programa Apoio 65 – Idosos em Segurança cria condições de segurança a que tem direito – na sua casa, na rua, no jardim. Onde quer que se encontre.

Conheça o agente policial da sua zona. Nunca é tarde para ganhar um amigo.

O que é?

O Programa Apoio 65 – Idoso em Segurança, é uma iniciativa do Ministério da Administração Interna visa:

Garantir as condições de segurança e a tranquilidade das pessoas idosas.
Promover o conhecimento do trabalho da GNR e da PSP junto desta população.
Ajudar a prevenir situações de risco.


Através de:
Reforço de policiamento dos locais públicos mais frequentados por idosos.
Criação de uma rede de contactos directos e imediatos entre a GNR e a PSP, em caso de necessidade.
Instalação de telefones nas residências das pessoas que vivem isoladas e tem menores defesas, bem com ter junto dos telefone o número da GNR local e concelho.
Colaboração com outras entidades que prestam apoio á 3ª idade.

Como funciona?

O Programa Apoio 65 – idoso em Segurança é assegurado por equipas de agentes policiais que estão especialmente preparados para lhe dar o apoio e os concelhos úteis para melhorar a segurança.

O Programa de Apoio 65 – Idosos em Segurança, conta também com a colaboração de instituições que prestam ajuda domiciliária, através da troca de informações úteis para a prevenção de problemas e pela formação às profissionais dessas instituições.

Mediante um levantamento de necessidades, os idosos mais isolados poderão beneficiar da instalação de telefone no domicílio para que, mais facilmente, contactem as forças policiais em caso de necessidade.

Em casa

Deixe as portas e as janelas fechadas sempre que sair.
Coloque um óculo e uma corrente de segurança na sua porta.
Não deixe entrar pessoas suspeitas ou desconhecidas, sem ter a certeza de quem são.
Tenha sempre à mão os números de telefone para poder comunicar com alguém, principalmente com a polícia.
Quando se ausentar de sua casa, por vários dias, informe a força policial da sua zona.
Não deixe escritos na porta, janela ou caixa de correio, que indiquem a sua ausência.
Não deixe acumular correspondência na caixa do correio e coloque na mesma uma fechadura segura


Na rua

Transporte consigo apenas o dinheiro necessário.
Evite o uso de objectos de valor, de carteiras na mão ou no bolso, de forma visível.
Evite circular sozinho na rua, principalmente de noite.
Evite dar informações sobre a sua vida pessoal a pessoas estranhas.
Transporte as malas e sacos do lado interior dos passeios.
Nos transportes públicos, mantenha a carteira e outros bens junto de si.
Se for abordado com uma conversa do tipo “conto do vigário”, propondo a troca de escudos por Euros ou algo semelhante, não se deixe convencer e informe a policia.

Visita Pascal

20080323 Visita Pascal.JPGVisita Pascal em Arrancada no Domingo


O Grupo de Jovens de Valongo do Vouga ofereceu na visita Pascal uma lembrança:

Enrolado numa cana de bambu uma mensagem:

“Cristo morreu, mas ressuscitou e fez isso somente para nos ensinar a matar os nossos piores defeitos e ressuscitar as maiores virtudes do íntimo de nossos corações.

Que seja a verdade da sua Páscoa!

Feliz Páscoa”

DIA DO PAI

20080319 Dia do Pai.jpg
Cria, educa e forma
o seu rebento com amor
ajuda, protege e defende
tenta ser o seu mentor

Sonha e deseja para o seu filho
o mais brilhante dos futuros
acompanha-o passo a passo
degrau a degrau e por cima do muro

Sabe dizer sim e dizer não
ser firme e manter a posição
sabe sorrir e sabe chorar
com um simples "papá" dito a brincar

Texto de Isabel e Lucília MEndes

Cristiana Silva Teixeira na Moda Lisboa

Cristiana Silva Teixeira.JPG
Os sonhos só se conseguirão realizar se as pessoas os virem como possíveis realidades, e se de diversas formas lutarem para que eles ganhem vida.

Não poderão evitar de arriscar seja por medo ou insegurança pois isso só impedirá que façam o que gostam e vão acabando por se acomodar na sua vida, com um determinado ritmo e isso irá fazer com que se desliguem dos seus objectivos e sonhos iniciais, deixando a esperança para trás.
Não, temos de ter confiança que somos capazes e devemos sim lutar todos os dias para realizar aquilo que nos preenche enquanto seres humanos, de modo a sermos pessoas felizes, dessa maneira conseguiremos ser bem sucedidos e talvez conseguiremos ser exemplo de que vale a pena fazermos sacrifícios, uma vez que mais cedo ou mais tarde os resultados acabarão por surgir.
E foi a pensar e a agir desta forma que hoje posso dizer que estudo aquilo que sempre, desde infância sonhei.
Desde muito nova sentia/me ligada a moda, e a tudo o que me soava haver alguma criatividade, e foi talvez por isso que desde miúda pensava em roupa especialmente.
Como não tinha capacidades para a fazer roupa com as minhas proporções, então não fiz com que isso me parasse e impedisse de fazer o que gostava, e por isso solucionei o problema, pegando nas minhas barbies e fazendo roupa para elas.
Os anos foram passando e esta ligação deixou de ser um sonho de criança, e passou a ser depois uma vontade de menina, e mais tarde um objectivo de uma adolescente que ia transformando os pontos de interrogação dos outros nos seus próprios pontos de exclamação.
Já no ensino básico este meu sonho era evidente sempre que expressava a minha vontade de participar em desfiles com criações minhas e não escondia o desejo de seguir uma carreira neste mundo da moda.
Esse desejo passou a ser uma realidade presente, a qual me acompanha todos os dias, uma vez que hoje já me encontro a estudar o que realmente sempre me fascinou, moda!
Depois do ensino secundário, onde frequentei a área de artes, concorri para frequentar o centro profissional de industria têxtil (citex), situado no porto, bastante conceituado, por ter acolhido a maioria dos designers nacionais, tais como Nuno Baltazar, Luís buchinho, Katty Xiomara, Ricardo Dourado,Lara torres entre muitos outros, para estudar design de moda.
No inicio temia pelas poucas hipóteses que teria para entrar, uma vez que a turma iria ser feita por selecção de portfolios, trabalho este que tive de desenvolver durante alguns meses e que consistia na criação de 10 coordenados inspirados num tema a nossa escolha.
Depois de algum tempo recebi convocatória para ir a uma entrevista, e era a primeira etapa que tinha passado, e tempo mais tarde soube que fora seleccionada, dentre 70 e poucos alunos, para fazer parte da turma dos 18.
Fiquei muito entusiasmada, e nesse dia percebi de que realmente vale a pena acreditarmos e lutarmos por aquilo que realmente queremos.
Hoje encontro me muito satisfeita com o que aprendo e vejo em mim alguns progressos e isso da me vontade de continuar a olhar em frente, passando por cima de alguns obstáculos.
Estou prestes a acabar metade do curso, este que tem 3 anos, incluindo estágio.
Agora que me encontro mais por dentro deste mundo, tenho a possibilidade de acompanhar de mais perto eventos de moda, tais como moda Lisboa, Portugal fashion modtissimo entre outros que envolvem apresentações de novos criadores.
Este ano assisti pela 2a vez ao modtissimo, que se realiza e que apresenta criações de alunos estudantes de moda, em forma de desfile, e em stand.
Também já pela terceira vez assisti à moda Lisboa, que desta vez foi realizada no casino Estoril, e que teve apresentação desde o dia 6 a 9 de Março. Vou continuar a acompanhar estes eventos de perto, pois possibilitam nos a ver de forma mais real como as coisas se procedem e de alguma forma também serve de preparação, para o caso de um dia também ter a oportunidade de apresentar ao vivo e a cores as minhas criações.

Cristiana Silva Teixeira

Folares de Páscoa

pascoa 010.jpg


Em continuidade do ano anterior a Fundação irá confeccionar folares da Páscoa, permitindo assim aos seus idosos reviver a época da quaresma como outrora a vivenciaram.


Devido ao sucesso obtido no ano anterior, decidimos convidar a comunidade a provar o nosso ‘folar dos avós’. Assim, aceitamos encomendas até ao dia 19 de Março.


Esta actividade para além de possibilitar a angariação de receitas para a instituição, visa proporcionar momentos de troca, partilha e diversão entre os participantes (idosos da valência de Centro de Dia e colaboradoras).

A Fundação convida desde já, todos os interessados a contactar os nossos serviços, a fim de procederam à encomenda de folares.


Fundação Nossa Sr.a Conceição da Freguesia de Valongo do Vouga

P/

Conselho de Administração


(TEXTO E FOTO ENVIADO POR Drª CARLA SILVA)

Visita ao Colégio Juvenil São Francisco de Assis - Coimbra

No passado Sábado, dia 1 de Março um grupo de jovens que frequenta o 10º ano de catequese, acompanhados dos seus catequistas, visitaram o Colégio Juvenil São Francisco de Assis (acolhe crianças vitimas de maus tratos).


A visita teve como finalidade, além de distribuir sacos com brinquedos, roupas, calçado e bens alimentares, promover o convívio com outras crianças, com uma realidade diferente.

Tiveram oportunidade de assistir a apresentações temáticas que o grupo anfitrião tinha reservado para o grupo visitante.

Artigo baseado no artigo que podem ver em http://paroquiavalongovouga.blogs.sapo.pt/

Garganta

Limpeza da Garganta.JPG

Temos reclamado neste blog para que a Garganta possa ser dotada de melhores condições. Na passada semana pudemos constatar que a Junta de Freguesia de Valongo do Vouga iniciou trabalhos de requalificação. Felicitamos a iniciativa, esperamos que a Câmara Municipal apoie a médio prazo financeiramente este projecto para que o espaço possa ser dignificado conforme merece.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D