Notícias sobre Valongo do Vouga
Segunda-feira, 26 de Março de 2012
Hugo Barbosa "o nosso ídolo"

Em curtas palavras podemos dizer sem intuito de ofensa, mas de destaque, que o Barbosa foi um "Grande Cromo"!

 

 

Quem se lembra das suas qualidades de ator no grupo de teatro da Casa do Povo de Valongo do Vouga, sorriso juvenil, pela mão do Roberto Sileo, reconhece a astúcia do nosso conterrâneo, que de cantor não lhe conhecemos fama, mas que assim ficará imortalizado por ser mais um cromo dos ídolos.

 

Portugal não é só Fado,(com todo o respeito ao estilo de música) também precisamos de alguém que nos faça sorrir!

 

 

 

Imagem obtida em:

 

http://sic.sapo.pt/programas/idolos2012/videos/article1433250.ece

 

 

Hugo ou  "Jack, o estripador das canções"

 

 

 

 

Foto obtida no perfil do facebook do nosso ídolo !



publicado por Filipe Vidal às 15:08
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Anónimo a 30 de Março de 2012 às 18:36
Com todo o respeito, não percebo tanto alarido à volta de uma estupidez que, a meu ver, não traz nenhum orgulho, antes pelo contrário, ao povo de Valongo do Vouga. É a sociedade que temos, em que os bons são preteridos em relação aos que, não sendo bons em nenhum aspecto em particular, têm a ousadia de "tentar ter piada".
Deixem o verdadeiro humor para os humoristas portugueses, que o fazem tão bem...


De Filipe Vidal a 31 de Março de 2012 às 17:44
O comentário sairia valorizado se não fosse anónimo.

Quanto ao Barbosa, quem o viu atuar, como ator amador no grupo de teatro, certamente que lhe reconheceu qualidades.

É isto que se valoriza. Também conseguimos distinguir que a astúcia dele, permitiu-lhe ser selecionado no meio de mais de 2000 castings.

Na nossa opinião há dois tipos de cromos, aqueles que nitidamente são um “produto híbrido” assente no ridículo, e há outros, como o Barbosa, que depois de terem demonstrado que têm algum talento, de uma forma discutível, sobressai e assim convertido em sucesso efémero…

Na ausência de um programa televisivo de “caça talentos de teatro”, este artefacto que alguns cromos utilizam, vale o que vale…

Até na época medieval existiam os bobos da corte, que certamente o clero e a nobreza desdenhava da sua ignóbil e jocosa aparência, mas cumpriam o seu ridículo papel, fazer sorrir!

Na Sociedade, sempre houve e haverá um espaço para todos… Até nas ditaduras! Hoje, um pouco mais evoluídos nos papeis, espaços como o que este blog protagoniza, permitem expor conteúdos, em que o limite deverá ser a inibição e a privação da liberdade dos outros.

Agradecemos o comentário e enviem-nos material de qualidade feito em Valongo, ou por Valonguenses que continuaremos a divulgar com todo o gosto!


Comentar post

mais informações


pesquisar
 
arquivos
posts recentes

Convite para inauguração ...

Autárquicas 2017

Apanhados - Eleições

Apanhados - Casa Cassetes

Apanhados - Rua Visconde ...

Acerca do Debate sobre Fr...

Procura-se participação!

Ana Maria Xavier

Orçamento participativo

Rastreio à fala

tags

todas as tags

links

contador gratis
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


subscrever feeds